Parque lindo, pouco conhecido, com muitas atrações com entrada gratuita


O Altamiro de Moura Pacheco é um parque localizado na região das cidades de Goianápolis e Teresópolis e tem acesso na BR-060 que liga as capitais Brasília e Goiânia.  Muitas pessoas passam pelo local, mas não notam a existência do parque. Ele possui uma área significativa e recentemente chamou atenção pelo Ribeirão João Leite que é uma área do parque que foi represada para o fornecimento de água para Goiânia e região metropolitana.

O parque possui uma área de mais 3000 hectares e o principal atrativo do parque são as trilhas para ciclistas. 

A vegetação encontrada no parque é vegetação de cerrado, mata e área alterada pelo homem para a construção do Ribeirão João Leite. Há relatos que no parque são encontradas espécies de plantas e animais ameaçados de extinção como o Lobo-guará e Onça Parda o que torna o parque uma importante área de preservação.

Recentemente o parque Altamiro Moura teve sua área alterada por causa da obra de represamento do Ribeirão. O limite foi alterado e agora com o fim da obra já foi reconstituído e atualmente conta com uma área de 3000 hectares abertas a visitação de forma gratuita. O parque possui lindas trilhas para ciclistas e para quem gosta de conhecer e ter contato com a natureza é um local belíssimo.

Se inscreva em nosso Canal do youtube também !

Clica aí!

CLICANDO EM QUALQUER ANÚNCIO DESTE SITE VOCÊ JÁ ESTÁ NOS AJUDANDO A LHE MANTER BEM INFORMADO E PRESERVAR O MEIO AMBIENTE!

Anterior O Dr. Drauzio Varella conta como foi quando ele mesmo teve Febre Amarela!
Próximo Criação de duas novas Unidades de Conservação são anunciadas pelo governo.

Nenhum Comentário

  1. (Seu comentário está aguardando aprovação.)

    O parque Altamiro de Moura parece ser muito lindo. Não conheço o local, mas acho ótimo um espaço com área verde, com tantas atividades e gratuito para se visitar. Perfeito para toda a família. Se um dia passar por esse trecho da BR, irei dar uma parada pelo parque. Ótima dica de lazer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *