Estudantes, Professores, voluntários e você pelo jardim de Louise


Divulgação

Hoje vamos falar de um assunto um pouco mais delicado, mas ainda sim, relacionado à Biologia, desta vez, infelizmente.

No dia 10 de março de 2016, dentro de um laboratório do Instituto de Biologia da Universidade de Brasília – UnB, uma estudante deste curso foi assassinada por um outro estudante que confessou o crime. Ela, Louise, tinha apenas 20 anos quando tudo aconteceu.

Divulgação
Jardim Loise Ribeiro / Divulgação

Passados cerca de um ano e meio o ocorrido não foi esquecido, e nem poderia devido tamanha comoção que o caso ocasionou. Mas diferente de tantos outros casos de violência contra mulheres, desta vez, a vítima será homenageada de uma forma permanente e bela.

Trata-se de projeto desenvolvido por voluntários, alunos e professores da UnB para homenagear a estudante do Instituto de Biologia, Louise Ribeiro. O objetivo é construir um jardim com o nome de Louise. Além disso, o projeto propicia o encontro das pessoas e gera um espaço de luta, força e representatividade para as mulheres, além de manter a memória da aluna viva através de seu ipê rosa.

Para isso, os organizadores fizeram uma “vaquinha virtual” para arrecadar recursos e conseguir executar o paisagismo do jardim em homenagem a Louise. A Universidade de Brasília está ajudando com a mão de obra, mas é necessária a aquisição de materiais e nisso todos podem ajudar. O site para se fazer doações é (//www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-o-jardim-louise-ribeiro).

O valor da doação será destinado a cobrir todos os custos relativos ao projeto, como a pavimentação, mobiliário e infraestrutura, sem qualquer retribuição financeira para qualquer envolvido no projeto, incluindo a própria instituição de ensino.

Jardim Loise Ribeiro / Divulgação

O valor mínimo da doação é de R$ 20,00. Não estamos em um momento fácil da economia, é verdade, mas você pode dividir com os amigos e assim ajudar. E se pensarmos bem, é para um jardim, para plantar árvores, para embelezar um espaço público, para homenagear uma mulher, para gerar um espaço de luta, de representatividade e para manter viva a memória de uma estudante vítima de feminicídio, são apenas R$ 20,00 que permanecerão eternizados para uma boa causa.

 

Se não puder ajudar com recursos financeiros, ajude compartilhando essa campanha com os amigos e familiares, e assim podemos alcançar mais pessoas e viabilizar este belo projeto.

Se faz bem, está aqui no BioCamera Ação!

Por: Leonardo Milhomem (Biólogo formado pela Universidade de Brasília)

Anterior Green Move Festival une preservação ambiental e cultura!
Próximo Conhecendo o Oceanário de Aracaju do Tamar com BioCamera Ação

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *